Agilidade no Desenvolvimento – Existe isso?

Vamos ver o que é essa tal de agilidade?

Anúncios

Atualmente eu trabalho na Bluesoft, uma empresa que é sem dúvidas referência em desenvolvimento ágil. Mas o que é esse tal de Desenvolvimento Ágil?

Manifesto Ágil

Sempre que você escuta algo relacionado a agilidade, tem uma parte da frase que fala sobre o manifesto ágil. O motivo é simples, ele foi a “primeira expressão” sobre desenvolvimento ágil que surgiu. Ou seja, independente da metodologia que você use, ela está fundamentada no manifesto. Eu não vou explicar cada um dos princípios porque existem milhares de referências que fazem isso.

“Angeliski, se você não vai explicar o manifesto ágil, vai falar sobre o que nesse texto?”

Agilidade

O intuito desse post é falar sobre como eu vejo a agilidade, como usamos essa agilidade na empresa e em como eu estou estudando para melhorar, tanto o fluxo da empresa quanto o meu conhecimento.

Primeiro vamos entender o problema.

Porque essa agilidade no desenvolvimento é necessária? Se você já trabalhou em um projeto real, já passou por aquele momento em que entrega algo que o usuário considera “insuficiente” ou no pior dos casos: “Não é nada disso que eu queria”. Não importa em que função você atue, Desenvolvedor, Lider, Testador, Analista, quando isso acontece é extremamente frustrante, porque a sensação de que  seu trabalho não valeu de nada é enorme. Isso sem contar nas implicações disso, ter que ajustar, refazer, atrasar e por ai vai. Esse é o maior problema do desenvolvimento de software: entregar valor para seu cliente.

Pausa Dramática


Você já parou pra pensar nisso? Qual o valor você entrega para seu cliente?

Como desenvolvedor, eu sempre quero trabalhar com as tecnologias mais avançadas, com os frameworks mais animais e tudo que houver de ponta. Mas qual é o valor disso pro cliente? Em muitos casos, nenhum. Para seu cliente, não faz diferença se a tela é Angular 1, Angular 2 ou React, desde que ele tenha aquele combo que ele usa todo dia.

Pense nisso, qual valor você entrega? Vamos voltar nessa discussão mais tarde.


Fim da Pausa Dramática

É ai que entra a Agilidade. E se você for capaz de antecipar isso? Ao invés do cliente levar um ano pra dizer que não é o que ele quer, vamos fazer ele dizer isso em uma semana! Assim, corrigimos o curso antes de continuar. E depois sai fazendo? NÃO! Você tem que estar alinhado com seu cliente. A agilidade no desenvolvimento de software é uma coisa simples, é quando você traz o cliente para o mais perto possível do desenvolvimento e reage aos estímulos dele.

Não confunda as coisas, reagir ao cliente não é sair fazendo tudo que ele pede. Ao contrário, algumas vezes você pode oferecer uma solução para o cliente completamente diferente do que ele está pedindo, por isso você precisa entender as necessidades do cliente.

“Se é tão simples assim, porque as empresas não são todas ágeis?”

Acontece que simplicidade não é o mesmo que fácil. Não confunda os dois.

Para colocar isso em prática, existem ferramenta, por exemplo o Kanban, Scrum,XP, Lean e por ai vai. Como você pode imaginar, cada ferramenta tem um propósito e busca solucionar um problema. O desafio está em entender as ferramentas e onde aplica-las. Se você tentar usar uma chave de fenda para desaparafusar um parafuso philips provavelmente vai conseguir (dependendo do tamanho da chave), mas fica a pergunta, essa ferramenta é a melhor para isso? Obviamente que não.

Aqui na empresa, usamos um conjunto misto de soluções, buscando otimizar nosso trabalho. Nós temos um quadro físico do Kanban onde nós gerenciamos nossas tarefas, mas ele é um reflexo da nossa ferramenta Acelerato que nós utilizamos tanto para gerenciar nossas atividades, quanto nossos quadros virtuais. Além disso, tiramos nossas métricas do Acelerato também.

Quadro Kanban Bluesoft - Equipe Taurus
Esse é o Kanban físico que nosso time atua

Uma das ferramentas que usamos do Kanban é o WIP (que é uma limitação para que nosso fluxo de trabalho seja continuo). Outra coisa que temos no nosso fluxo de trabalho são algumas coisas do Scrum. Eu digo algumas coisas, porque nós não fazemos Planning Poker, por exemplo, mas nossas iterações são limitadas em Sprints e buscamos fazer dailys. Também fazemos Kaizen em busca de uma melhoria continua. E falando em melhoria, sempre que possível realizamos retrospectivas com o time e com a empresa. E uma das coisas que eu não tinha visto até hoje que fazemos aqui é o Feedback 360º.

Mesmo com essas práticas em uso e com a experiência do time, existem problemas não só aqui e nosso papel é entender onde a agilidade pode mudar nossa forma de trabalho para mitigar esses problemas. Atualmente eu tento entender melhor as ferramentas que o ágil nos oferece, para que nosso time consiga tirar proveito da ferramenta certa no lugar certo.

Vou listar aqui alguns links interessantes que você pode dar uma olhada, se interessar:

Esses links são uma base legal, sobre várias pessoas falando de agilidade. Cada um deles agrega em um ponto e eu recomendo que quando você tiver um tempo, de uma olhada.

Duvidas? gostou? Me acha um idiota?

Comenta ai!!

Angeliski

Comenta ai !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s